Poesias, Varginha-Terra do ET, BRICS, Dicas, Frases e Reflexões...

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Transblogando: Tem gente vendo passarinho azul demais! (Parte 3)

Nessa terceira parte dos nossos comentários sobre a rede de microblog Twitter vamos refazer o questionamento: O Twitter tem alguma finalidade?
Já colocamos nos posts anteriores a nossa perplexidade diante da inutilidade dessa mídia, como divulgadora de notícia de credibilidade. E vai se tornando clara uma outra faceta do Twitter.
Até agora ele tem servido para preencher alguns egos insaciáveis. Celebridades que querem mostrar suas novas dietas ou aquisições aparecem de manhã, à tarde e  à noite. Algumas delas chegam a postar seus memes, seus tuítes até de hora em hora. Alguns marqueteiros mais espertos utilizam-no para divulgar suas atividades ou até mesmo para vender produtos...
Mas para que serveria o twitter como rede social?
O Facebook, o Orkut, têm lá o seu charme devido aos seus álbuns agregados e atividades internas, como jogos e bate-papos mais discretos. E o twitter tem a superexposição fria de algumas palavras restritas aos 140 caracteres permitidos.
A semana que passou mostrou que ele pode viar a ser importante sim, quando seus usuários menos contumases vierem a usá-lo para divulgar algo mais sérios. Falo desses pois poderiam de repente usar a força de propagação do veículo para divulgarem campanhas adequadas que beneficiem a população de uma forma mais contundente.
Vejo a dengue - calamidade pública que tem ceifado tantas vidas - distante dele. Como se ninguém dali estivesse sujeito a contrair a doença. Isso apenas para dar um exemplo.
Se me perguntam mais uma vez, para que serve o twitter?  ...eu poderia ainda, mais uma vez responder que... não sei!...
Mas muita gente usa. E como!..
Cadê a Fátima Bernardes!
Não sabemos se realimentados pela própria Vênus Platinada, mas os dois apresentadores globais, o âncora de telenotícias da Globo e o narrador de esportes mais famoso da emissora ocuparam uma grande fatia dos tuites gerados no microblog essa semana, a ponto de repercurtir tanto e chegar, no caso deste último, até às paginas do New York Times: Cala a boca Galvão!
Isso às vésperas da estréia da seleção brasileira, cujo jogo seria narrado por ele. Sem saber o que, nem porque, todos embarcaram na onda e retuitaram a mensagem que ninguém sabia o que significava e de onde tinha surgido. Eu de repente retuitaria como protesto por ter de aguentar os comentários e a forma nada profissional de um narrador esportivo que não consegue ser imparcial.... (deveria apenas narrar e deixar a torcida por nossa conta e os comentários para quem saiba fazê-los). Outros o fariam justamente pelo contrário, vêem-no, o Galvão Bueno, um torcedor, como eles. E ainda acham os 'foras' do apresentador global absolutamente perdoáveis. Mas isso se justifica, já que futebol é a segunda paixão dos brasileiros... (não me perguntem qual é a primeira!).
Acontece que falta-nos opção e temos que ficar com o Galvão. Com a Fátima ficamos também. Esta, sem objeção nenhuma. Continua uma boa opção! Aliás, Cadê a Fátima Bernardes?...
Cala a boca, Galvão! - na verdade foi a frase utilizada pelo Instituto Galvão, patrocinado pelo Ministério do Meio Ambiente, o Ibama e Governo Federal em parceria com o Twitter. Cada retwit ou retuitada direcionaria 10 centavos de dólar para a referida instituição, que segundo o cartaz pede ajuda para salvar a ave amazônica ameaçada de extinção: help us to save Galvão Birds.
Pois o Twiter funcionou! Quem deu o primeiro twit, ninguém sabe, ninguém viu. Mas a coisa envolveu tuiteiros de todo lugar e até a Lady Gaga entrou na dança! Não conheço a Instituição que no cartaz da canpanha diz ter 15 anos. Mas a campanha vingou. Com certeza foi além do esperado. Veja matéria no blog da folha.com  Espero que o Instituto Galvão cumpra o prometido. E se possível, salve-nos também do Galvão! - o outro...
-Profex
(agradecimentos ao Dorival Bonacéia (http://dorivalbjr.blogspot.com)  pela sugestão do tema para esta matéria)
¡oƃıɯɐ ɯn ɐɹɐd ǝpuɐɯ ǝ ǝʇuǝɯoɔ ¿ʇsod ǝʇsǝp noʇsoƃ
Transblogando 0004 - Proposta desta seção: gerar texto de conteúdo trazendo informações básicas, atendendo a demanda dos nossos leitores mais assíduos. Apresentar links,  para que conheçam também o conteúdo exposto na web; e quando for o caso para conhecer o trabalho de outros parceiros e amigos da blogosfera. - Profex

Nenhum comentário:

Formulário de Contato - Expresse sua opinião. Retornarei!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja as Postagens Populares do blog

Aguardo você por lá!...

Informação Importante

Este blog - O Blog de Poesias do Profex - anexa ou linka textos da internet preocupando-se em dar o devido crédito a eles e sua origem. As imagens, na sua maioria são do banco de dados do Google, conforme indico junto às postagens. Quem se sentir lesado por uma exibição indevida, por favor entre em contato para que eu possa atribuir os respectivos créditos; ou ainda, se for o caso, retirar das páginas a postagem ou imagem em questão.

Espero portanto que se um leitor tiver a pretensão de usar uma matéria (ou parte dela), um poema (ou um excerto dele), faça da mesma forma, dando o devido crédito junto à elas, sob pena de se fazer valer a Lei de Direitos Autorais.


E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
Some images used on the BLOG DO PROFEX are taken from the web via Google Images, if by chance you find any here who is registered and of his own, let me know that I will be happy to credit! Thank you!

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...