Abrir popup
Poesias, Varginha-Terra do ET, BRICS, Dicas, Frases e Reflexões...

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Meus Poemas - Tortas e varais

Este silêncio que minhas antenas apalpam
é uma fatia de céu que eu tentava, outrora, 
memorizar naqueles meus antigos disquetes.
Com calma, revejo cada passo dessa história.






Daquelas tormentas, restam apenas 
pequenos fragmentos de memória
que deslizam, já, sem traumas,
para a lata-de-lixo sob a mesa da maquete.

Esta calmaria soa como brisa refrescante!
É a saliva doce de um beijo esperado,
a torta de morango, o pudim de coco, 
a tão difícil mesada para a matinê...
O tempo se quedou por um instante.
A dor da sua ausência se perdeu n'alguma esquina 
e não vejo os tais vultos no corredor...
também não há mais por que esperar ou correr...

Aqui no chuveiro, nesta tarde incerta,
tento enxaguar a dor dessa alma vadia.
Neste estado de torpor, não raciocino
e nem procuro sentido para minha sina...

À guisa de perdão, finjo displicência...
Deixo escorrer pelo ralo todo meu passado.
Vejo planos aleatórios pendurados pelos varais,
ao olhar pela estreita janela aberta:
 
Um cenário novo para uma vida vazia.

São idéias leves açoitadas pela brisa,
que voltam á cena e pedem para atuar
alguns roteiros são antigos, porém,
surgem em nova e requintada roupagem.
Intencionalidades isentas de razão,
esquetes e sainetes ambíguos,,, 
São filmes inéditos que precedem
uma  nova temporada com você.

Estremeço diante dessa visão fascinante!
Depois, fecho os olhos e deixo-me levar
pela displicência, que chegou sem aviso,
nessa onda suave carregada de magia...

Esta aragem refrescante de porvir
esconde um leque de possibilidades...
Sintonizo essa nova frequência.
Ouço de leve uma canção ao longe:

Não reconheço a letra,
                        mas gosto da melodia!
Autor: Expedito Gonçalves Dias
0014-Tortas e varais-(Escrito em 07-04-1992, em Lambari-MG, às 21:55 h)

Formulário de Contato - Expresse sua opinião. Retornarei!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja as Postagens Populares do blog

Aguardo você por lá!...

Informação Importante

Este blog - O Blog de Poesias do Profex - anexa ou linka textos da internet preocupando-se em dar o devido crédito a eles e sua origem. As imagens, na sua maioria são do banco de dados do Google, conforme indico junto às postagens. Quem se sentir lesado por uma exibição indevida, por favor entre em contato para que eu possa atribuir os respectivos créditos; ou ainda, se for o caso, retirar das páginas a postagem ou imagem em questão.

Espero portanto que se um leitor tiver a pretensão de usar uma matéria (ou parte dela), um poema (ou um excerto dele), faça da mesma forma, dando o devido crédito junto à elas, sob pena de se fazer valer a Lei de Direitos Autorais.


E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
Some images used on the BLOG DO PROFEX are taken from the web via Google Images, if by chance you find any here who is registered and of his own, let me know that I will be happy to credit! Thank you!

.verificar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...