Abrir popup
Poesias, Varginha-Terra do ET, BRICS, Dicas, Frases e Reflexões...

sábado, 23 de janeiro de 2010

Meus Poemas - A luz espectral do corredor


Insana aventura. Ave!
Maria afastou-se, saciada, 
Como sempre faz.
Saiu voando feito um pássaro.
Ave rara...
(Ao sair, despiu-se das idéias e as deixou jogadas no corredor.)
...................................................

Faz tempo Maria não vem.
Maria. Um nome que tudo abarca. 
Sua química é perfeita.
Com Maria o verso se faz. Vira música e oração. 
Faz-se o Amor.
Sem pecado. Juízo, nem pensar...

Hoje, de novo nem o luar se fez. 
Tampouco as aves que habitam a noite.
Se ela soubesse que faz saudade por aqui, 
talvez trouxesse a lua
junto consigo. E novas idéias, diáfanas, 
para colorir outra vez o chão do corredor;
A  janela continua aberta em busca da lua, 
das aves raras noturnas,
cheias de graça.

................................................ 

Mais uma noite e chego à janela. 
Tenho os olhos suplicantes e sondo a escuridão, 
esquadrinho os céus e ainda Maria não vem.
Nada de novo na rua. No céu nenhuma nave esquisita.
Tudo deserto. Fora e aqui dentro. 
A ausência dela torna tudo árido, fugidio, estranho, hostil.

Mas, não creio que Maria tenha fugido. 
Apenas saiu para dar satisfação ao seu bando.
Deve voltar breve (assim espero.).
Eu também tenho fugido, às vezes. 
Desse fugir leve, brando, original, sem pecado.
Fugido assim, para voltar antes da hora marcada...

O quarto está às escuras. O corredor nu. 
A alma vazia. A garganta seca.
Metade de mim está ausente, a outra está entorpecida.
O antídoto deve estar por aí em vôo livre, 
nos lábios de Maria.

Vou até a cozinha, abro a geladeira. 
Pego uma jarra e bebo de um gole toda 
essa saudade travestida em desespero...
Escuto, arrisco. Perscruto o silêncio. 
Nada denuncia a presença de Maria.

Desisto, por hoje.

Amanhã estarei aqui de novo. 
Ela há de voltar por necessidade ou pura 
distração, no seu jeito alegre de ser. 
Como todas as da sua espécie,
ela só quer se divertir!...
Fecho a geladeira. 
Fecho as janelas. 
Apago a luz do corredor...

Abro-me em oração, rogo por nós, desertores,
por nossa sorte, agora e sempre. 
Ave Maria!...
Autor: Expedito Gonçalves Dias
(Escrito em 20-02-1998)
0005-Meus Poemas - A luz espectral do corredor

Meus Poemas - Ilynx


Meu ímpeto de sonhar quero de volta
Sonambular...
buscar quimeras próximo do acordar.
Quero ser sincero,
fazer acontecer o que um dia quis 
na imaginação solta sem censura.

Quero um sol brilhante na minha janela,
uma febre terçã, a emoção mais pura
e ter de volta a minha visão de raios-X.
Na pura e bela manhã da esperança,
quero recuperar o meu dom de voar...

...poder de vez ser criança!
Recomeçar!
Autor: Expedito Gonçalves Dias
(Escrito em 21-05-2001, em Varginha, 22:00 h)
0004-Meus Pemas - Ilynx

Meus Poemas - Fotografia


Aconteceu devagar,
no conta-gotas do tempo,
até que subitamente
todo mundo percebeu.
O dia só veio à tarde,
o céu perdeu sua cor.
O concreto se espalhou,
a ave perdida migrou.
 
O mel perdeu o seu gosto,
pois a abelha se zangou.
O norte saiu de lá,
O sul se desnorteou.
 
O rio correu pra cima
e a cachoeira estancou.
...e o vento não mais levou as notícias do lugar.
Autor: Expedito Gonçalves Dias
(Escrito em 12-09-1969)
0003-Meus Poemas - Fotografia

Formulário de Contato - Expresse sua opinião. Retornarei!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja as Postagens Populares do blog

Aguardo você por lá!...

Informação Importante

Este blog - O Blog de Poesias do Profex - anexa ou linka textos da internet preocupando-se em dar o devido crédito a eles e sua origem. As imagens, na sua maioria são do banco de dados do Google, conforme indico junto às postagens. Quem se sentir lesado por uma exibição indevida, por favor entre em contato para que eu possa atribuir os respectivos créditos; ou ainda, se for o caso, retirar das páginas a postagem ou imagem em questão.

Espero portanto que se um leitor tiver a pretensão de usar uma matéria (ou parte dela), um poema (ou um excerto dele), faça da mesma forma, dando o devido crédito junto à elas, sob pena de se fazer valer a Lei de Direitos Autorais.


E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
Some images used on the BLOG DO PROFEX are taken from the web via Google Images, if by chance you find any here who is registered and of his own, let me know that I will be happy to credit! Thank you!

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...