Abrir popup
Poesias, Varginha-Terra do ET, BRICS, Dicas, Frases e Reflexões...

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Mande a Sua! - Acróstico

LEU? GOSTOU? COMPARTILHE!
O texto de hoje me foi enviado por Elaine Pereira por e-mail (elaine.pereira09@gmail.com) 
 Trata-se de um acróstico escrito por Paulo Roberto Gaefke, lido por Ana Maria Braga, no 'Mais Você' de 20-12-2009.
Nani, aqui a sua postagem!
 DECIDA-SE!
Lógico que você merece ser feliz!
Um sonho é para ser realizado; e, o seu, está cada vez mais maduro...
Tenha atitudes positivas: à noite você sonha, de dia realiza!
Eleve seu pensamento a Deus diariamente e agradeça tudo o que conquistar.

Por favor, não se compare com ninguém.
Entenda de uma vez por todas que você é único.
Lance seu desafio ao Universo e diga:
Agora é a minha vez!

Sua determinação é do tamanho da sua necessidade.
Uma estrada só se vence quando se dá o primeiro passo e sem olhar para a distância.
As boas novas se conquistam com pequenos gestos.

Faça de cada dia um novo dia de vitória.
Esqueça o passado, perdoe!
Liberte-se de qualquer amarra que possa te segurar no cais da tristeza.
Insista mais um pouco, dê mais um passo.
Cuide de seus pensamentos e suas palavras. Use tudo com bom senso.
Invista na sua paz, diga não quando precisar.
Dedique alguns minutos para cuidar de você diariamente.
Apaixone-se por tudo o que for fazer. Compre a sua idéia. Vista a camisa!
Definitivamente, eu não conheço ninguém mais pronto para prosperar...
E ser feliz é a escolha que te cabe nesse momento!

          Você merece! Eu acredito em você!
-Paulo Roberto Gaefke

Se na sua viagem pelo ciberespaço você encontrou algo que mexeu com a sua emoção, ou com seus brios compartilhe! Se tem uma dica, utilidade pública, aquele poema ou artigo guardado na gaveta e gostaria de vê-lo publicado, mande pra cá. 
Você pode ajudar ou tocar o coração de alguém!
Envie pra mim, com a devida fonte, autor, etc.  E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
A comunidade do Blog do Profex vai agradecer, com certeza!

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Metablogagem - Plataformas para blogar(parte 1)


Nesses tempos de muita informação -graças a Deus!-, fica difícil para nós, leigos, encontrarmos as respostas para nossas dúvidas. Sentimo-nos como aquela mulher vaidosa diante de uma vitrine de calçados, cada um mais bonito do que o outro. Coitado do vendedor que vier atendê-la!...
Estou preparado e resolvi ser um blogueiro, eis agora o dilema: que plataforma escolher para criar e hospedar meu blog?
O número de plataformas cresce a cada dia e consequentemente, as nossas opções. Estarei de plantão acompanhando para os leitores, as informações deste intrincado, momentoso e competitivo nicho da internet, a blogosfera.
Vou citar várias plataformas para efeito de ilustração. Futuramente o usuário mais curioso poderá pesquisar detalhes de cada uma delas, se tiver tempo. Começo com as 4 mais utilizadas, sobre as quais me alongarei em outras postagens trazendo em detalhes os prós e contras de cada uma delas.
Wordpress.com, Blogger, LiveJornal e TypePad são as mais utilizadas. Por que? Por oferecerem mais facilidade de utilização, layouts mais atraentes, facilidade de interligação entre blogs, possibilidade de monetização e outros quesitos, dos quais falaremos mais tarde.
Nesse rank aqui colocado, um blogueiro iniciante com um pequeno, rasteiro conhecimento técnico, poderia começar.  Com qualquer uma delas, por isso atenção, antes de começar. Aguarde nossas próximas dicas ou faça uma boa pesquisa antes, para não se arrepender depois. Cada uma delas tem suas características próprias, que vão casar com seu jeito de ser...
Eu, particulamente utilizo a Blogger e não pretendo fazer nenhuma migração e explico porque: O maior diferencial do Worpress em relação à Blogger está no layout mais arrojado e maior opção para se ganhar dinheiro com ela, sendo preferido para os blogin's (quem usa a atividade de blogar para divulgar seus negócios ou vender produtos pois o blog fica com aquele jeitão de site pago!).
E por que escolhi a Blogger? Pela maior facilidade de utilização. Com um pouco de conhecimento de html, que logo o usuário adquire com a prática diária que a tarefa exige, acaba-se fazendo páginas mais próximas da outra plataforma.
Se expliquei bem, você deve ter entendido que a Blogger é mais fácil de usar, mais intuitiva e pode ter layouts também bons, se aproximando muito do Wordpress.
Eu acho que usabilidade nos tempos de hoje é tudo, haja visto o crescimento dos navegadores Firefox e do Google em relação ao  Internet Explorer. Explica também por que o Linux não deslancha tão bem como devia. É bom pensar nisso!
Segue abaixo uma lista das demais plataformas, como prometi. Algumas delas são agregadores de blogs que dão suporte e hospedagem a seus usuários:
TypePad / LiveJornal / Blog.com / Mephistoblog / Zoundry / Comunidades.net / Squarespace / Mashable / Weblog / Jornal Live / Joomla / Webmonkey / MovableType / Vox (Six Apart's) / CodePlex / TMZ.com / Gizmodo / AutoBlog / ThatsFit / Smashingmagazine / Xoose / Xanga.com / MovableType / Vibe Journal / StyleDash / Open Service-Wikia / Brogui Blogs / diHITT / BlogBlogs / Bloggers blog.com.Pt / ...

Complemento: O BLOG VERDE trouxe nesta postagem abaixo, do Anderssauro, a seguinte informação:
O site CNN Fortune fez um ranking das redes sociais que mais cresceram e das plataformas de blogs que foram mais usadas em 2007. Usaram como critério apenas blogs hospedados em serviços americanos gratuítos, como wordpress.org, joomla, drupal, etc…
Plataforma/Nº de usuários/Crescimento no ano
Blogger         34, 104,000    58%
Wordpress    11, 440,000   444%
TypePad       10, 601,000    20%
TMZ.com        7, 107,000    10%
LiveJournal    3, 366,000    27%
Xanga.com     2, 741          42%
Thatsfit         2, 613         389%
Gizmodo        2, 135         127%
Autoblog        1, 945         122%
StyleDash       1, 947          48%
 
Na continuação desta série traremos as novidades da Google e da Microsoft dentro deste universo dos blogs. Tem coisa boa vindo aí!... 
E darei detalhes sobre as 4 primeiras plataformas citadas neste post, as mais mais no gosto de todos nós, blogueiros.
Um abraço! 

¡oƃıɯɐ ɯn ɐɹɐd ǝpuɐɯ ǝ ǝʇuǝɯoɔ ¿ʇsod ǝʇsǝp noʇsoƃ
- Profex

sábado, 24 de abril de 2010

Meus Poemas - Arquivo morto

Na esteira do tempo
alguém mostra num verso,
inteira e sem censura,
sua grande dor sufocada.

Noutras plagas além,
q'ele sabe sem fronteiras,
sem tabus ou algemas,
há um lugar - vala comum-,
onde jazem intactos e tranquilos
os segredos e todos os sonhos.

Teima o poeta, jamais desiste:
sem medo e com muito tato
ele então retira mais um,
enquanto burila uma rima
e põe no seu novo poema.
Autor: Expedito Gonçalves Dias
(Escrito em Lambari-MG, em 07-08-1989, 22:30 h)
0030-Meus Poemas - Arquivo morto

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Mande a sua! - Dia da Terra



A matéria foi enviada por Raquel de Moura(rackdri@hotmail.com) e vem a calhar no dia que finda, 22 de Abril, em que se comemora o Dia Mundial da Terra.
Explicação:Em 1854, o cacique Seattle enviou uma carta ao presidente dos Estados Unidos, Franklin Pierce, em resposta à proposta do governo de comprar uma imensa faixa de terra de sua tribo. A carta tornou-se famosa como um documento de profundo amor, respeito e carinho pela natureza...


CARTA DO CACIQUE -   A carta abaixo, do cacique Seathl – Seattle – mostra que, embora a Ecologia seja uma ciência nova, o raciocínio ecológico não foi criado pelos homens de hoje. Eis um trecho, no qual revela suas crenças, tradições e o apego a terra onde viviam e que provia seu sustento:

O grande chefe de Washington mandou dizer que quer comprar a nossa terra. O grande chefe assegurou-nos também de sua amizade e de sua benevolência. Isto é gentil de sua parte, pois sabemos que ele não precisa da nossa amizade. Vamos pensar em sua oferta. Se não pensarmos, o homem branco virá com armas e tomará nossa terra. O grande chefe em Washington pode acreditar no que chefe Seatlle diz, com a mesma certeza com que os nossos irmãos brancos podem confiar na mudança das estações do ano. Minha palavra é como as estrelas, elas não empalidecem. Como podes comprar ou vender o céu, o calor da terra? Tal idéia é estranha. Nós não somos donos da pureza do ar ou do brilho da água. Como podes então comprá-los de nós? Decidimos apenas sobre coisas de nosso tempo. Toda esta terra é sagrada para meu povo. Cada folha reluzente, todas as praias de areia, cada véu de neblina nas florestas escuras, cada clareira e todos os insetos a zumbir são sagrados nas tradições e na crença de meu povo. Sabemos que homem branco não compreende nosso modo de viver. Para ele, um pedaço de terra é igual a outro. Porque ele é um estranho que vem de noite e rouba da terra tudo quanto necessita. A terra não é sua irmã, é sua inimiga, e depois de a esgotar, ele vai embora. Deixa para trás a cova de seu pai, sem remorsos. Rouba a terra dos seus filhos. Nada respeita. Esquece o cemitério dos antepassados e o direito dos filhos. Sua ganância empobrece a terra e deixa atrás só desertos. Tuas cidades são um tormento para os olhos do homem vermelho. Talvez seja assim por ser o homem vermelho um selvagem que nada compreende. Se eu decidir a aceitar, imporei uma condição. O homem branco deve tratar os animais como se fossem irmãos. Sou um selvagem e não compreendo que possa ser certo de outra forma. Vi milhares de bisões apodrecendo nas pradarias, abandonados pelo homem branco que os abatia a tiros disparados do trem. Sou um selvagem e não compreendo como um fumegante cavalo de ferro possa ser mais valioso do que um bisão que nós, os índios, matamos apenas para sustentar a nossa própria vida.  
O que é o homem sem os animais? Se todos os animais desaparecessem, os homens morreriam de solidão espiritual, porque tudo quanto acontece aos animais pode também afetar os homens. Tudo está relacionado entre si. Tudo quanto fere a terra fere também os filhos da terra!.. 
-enviado por Raquel de Moura.
 Faltavam alguns minutos  para terminar o dia 22 de Abril quando abri o Hotmail e vi a matéria da nossa Internauta. E ainda deu pra salvar o texto dentro da data. A homenagem está feita! E mais uma vez, obrigado, Raquel! - Profex  (crédito da imagem - http://abnersblog.blogspot.com/2008_05_01_archive.html)

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Meus Poemas - Sina de Árvore


Explodir de repente,
por um momento, romper o chão!
Buscar o sol com ganância,
de forma sábia e selvagem.
crescer....esparramar-se.

Sua vinda não será em vão.
Além de tornar útil a paisagem
vai dar sombra e alimento.
Será admirada e escolhida,
pesquisada, -coberta de confete!,
será tema naquela fútil reunião...

Cantada em prosa e verso,
vai até circular na internet
ainda por um bom tempo.

Parece que desde o início
seu destino foi traçado,
como todos neste mundo.

Torna-se mártir, sem defesa,
cedendo seu frágil corpo
ao suplício, ao golpe profundo,
-o corte implacável da lâmina!,
para ser abrigo, calor ou grana.

Será banida da natureza!
-percebe isso num relance.
Na ânsia de ser eterna,
solta então as sementes
e as deixa ir nas asas do vento,
ciente de seu ciclo completo. .


Aguarda, agora, o mágico instante
do reencontro com a Terra.
para explodir de novo, renascida,
rachando de vez o solo e o concreto
triunfante e prenhe de vida!
(Quem sabe, talvez, um dia
em novo tempo, nova aurora...)
Autor: Expedito Gonçalves Dias
(Escrito em Lambari-MG, em 07-08-1985, não registrei horário)
0029-Meus Poemas - Sina de Árvore - Crédito da imágem: http://viajantesmalemolentes.wordpress.com

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Trocando em Miúdos - Liberdade, o que é isso?

 Hoje tenho pouco tempo livre. Mas quero falar sobre o significado da data que o calendário nos aponta: Dia de Tiradentes...
'Libertas quae sera tamen': o dístico ainda está lá e tremula na bandeira de Minas embalada pela brisa das montanhas. O dia de hoje nos faz refletir sobre o verdadeiro significado de liberdade como um todo. Não a liberdade proclamada por Tiradentes e seus seguidores que lutavam contra a dominação de D.Maria I, num episódio histórico que vale a pena ser revisto, para se ver os interesses em jogo, na época. E a história de Minas é recheada de detalhes e paixões que sugerem grandes debates...
Apesar disso tudo, vamos nos esquecendo de Tiradentes. O feriado nacional não tem a mesma significância de muitos anos atrás, o tempo vai embotando suas cores...
A liberdade a qual quero me referir vai um pouco além e está na órbita dos conceitos  suscitados por Sartre, Shopenhauer, Marx ou por Jesus.
Essa fala essencial ainda não se perdeu no tempo pois vai na origem da alma do homem, acima dos interesses pontuais e pode ser aplicada a qualquer tempo e nos episódios mais corriqueiros da nossa vida. São tão profundos e universais que ultrapassam barreiras do tempo e do espaço.
Como o do exemplo a seguir do post da Rosana Hermann, do Querido Leitor, do R7 que deixo como ilustração desta reflexão de hoje. E com quantos episódios parecidos com esse nos deparamos no dia-a-dia.
E o nosso tempo é o da informação. Vivemos a era da informação e estamos mergulhados nela, como um peixe, e não percebemos as vezes o que está nos sufocando.
Na costura dos seus retalhos é que vamos construir a verdadeira bandeira. É preciso rever os conceitos clássicos de liberdade e observar a nossa busca incessante, o nosso kaisen, o que nos motiva, o que buscamos, na raiz dos significados.
Queremos liberdade sim! No dia a dia ela se chama autonomia, direito à informação, educação, de ir e vir, de se ter um prato pra comer e um teto pra se abrigar.
Mas essa ânsia vai mais além e nem tudo precisa ser dito. Precisamos, no entanto, estar atentos e acompanhar a evolução da sociedade. E medir o grau de liberdade de que dispomos a cada passo. Pois agora neste momento falo dessa liberdade verdadeira. Pensemos sobre isso.
No fundo da alma do homem há, ainda, um grito maior - sufocado-, aguardando para ser proferido. Quem sabe ele ainda venha a ecoar por estas montanhas, daqui até o fim do mundo!
Liberdade ainda que tardia: quem sabe um dia?....
-Profex
Crédito das images: http://pt.wikipedia.org/wiki/Liberdade e http://pt.wikipedia.org/wiki/Tiradentes (Sugestão:Leia também os textos)

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Tansblogando - Bom Senso X Senso Comum


Venho sempre falando nos meus pitacos no rádio sobre o Caminho do Meio, que poderíamos chamar de Bom Senso, do Equilíbrio.. E há tempos queria passar aqui as idéias que estou sempre falando lá, pros nossos ouvintes diários. Nem sempre pensamos com bom senso, mas na maioria das vezes acabamos por agir com 'bom senso' em função das pressões da sociedade, e sucumbimos diante do medo da opinião de nossos pares: "o que será qe vão pensar de mim?..."
Mas essa ação maquiada ainda não tem nada a ver com bom senso verdadeiro.
Esse preâmbulo é necessário para daqui a pouco fazer uma indicação...
Bom senso...veja bem:'senso', vem de sentimento. Quando agimos assim ou assado em função da pressão social estamos apenas fugindo de sermos massacrados. Mas lá no fundo, sabemos o que é o certo e o errado, consequentemente sabemos onde estamos indo.
Sentimo-nos bem, em todos os sentidos, livres e com aquela sensação de estarmos servindo, ajudando a máquina social. É quando nossa vida vai bem e estamos obtendo vitórias em nossos empreendimentos. Sentimos algo agradável, um sentimento bom..
Mas bom senso é bem diferente de senso comum: Em determinado momento nós estamos certos em nossa posição solitária, mas o grupo social, a sociedade como um todo, pode estar  absolutamente equivocada. Podemos ver isso rapidamente ao evocarmos a idéia dos grandes conflitos sociais, as guerras entre nações, por exemplo. Pura falta de bom senso! Naquele momento entretanto a razão evapora e todos são tomados pela urgência, pela premência e pelo absurdo. Cria-se, então, um senso comum de medo, e coletivamente o homem entra num outro nível energético próximo da condição puramente animal.
Eu disse tudo isso para deixar, agora sim, uma indicação de leitura de um texto da amiga Maria José Rezende, de Brasília, em seu blog Arca do Autoconhecimento. Nas minhas andanças pela blogosfera vou visitando os novos amigos que encontramos em função da gostosa tarefa de blogar e encontro pérolas, grandes achados!..
E num texto primoroso e bem humorado ela fala da crise de identidade por que passa nossa sociedade, num momento em que trocamos os pés pelas mãos, o falecimento do bom senso. Clique aí e dê uma lida!..
No blog do Vinícius Sprada Maia, Vini Sprada, a reflexão sobre bom senso parte de uma crônica de Alexandre Garcia e vem corroborar a tese de que bom senso e bom sentimento são sinônimos: A vida, a felicidade e a paz são caminhos e não o destino. E só o caminho do meio pode proporcionar este estado de bem estar.
Elber Rizziole no seu estiloso site Liberdade, o quadrante de todos os crescimentos traz algumas regras para se viver com qualidade de vida, regras claras de bom senso.
Pois bem, nesses tempos bicudos de muita informação e pouco aproveitamento, de quebra de valores, de pura transição, quero deixar um carinho especial pra primeira autora, a querida Maria José, dizendo-lhe que a indignação diante de tantos disparates e incongruências tem razão de ser. Mas quero deixar também o meu registro de que nem tudo está perdido! No momento em que o mundo mais precisa das minorias, elas vão surgindo para equilibrar e despertar-nos para que aceitemos a volta do bom senso ao noso meio. E são pessoas como ela, que fazem a diferença!
E seguindo seu conselho, Maria José, estou repassando sua informação. Divulgo sua nota de falecimento do bom senso, na esperança que renasça algum dia no coração de todos um senso comum de humanidade e cooperação.
E por que faço isso? Pra que isso? O que é isso?... Bom senso! Este sentimento gostoso que me invadiu e me fez escrever essas linhas, assim, do nada, apenas para compartilhar a idéia de que lá no fundo da alma do homem ainda existe esperança. E que pessoas como esses blogueiros citados ainda se preocupam em produzir conteúdos intrigantes que induzem à reflexão sobre a condição humana.
Eu continuo  'caminhando' e observando essa paisagem cibernética, sem pensar no destino, pois esse a Deus pertence. Se surgir outro comunicado importante, eu trago aqui. De boa!
Um abraço a todos!
¡oƃıɯɐ ɯn ɐɹɐd ǝpuɐɯ ǝ ǝʇuǝɯoɔ ¿ʇsod ǝʇsǝp noʇsoƃ
Postado por Profex
(crédito da imagem:http://www.sxc.hu)

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Metablogagem - Dançando o Créu!

Ainda não completei 3 meses de blog. Estou muito contente com os resultados, mas não satisfeito. E estas são características essenciais para quem quer fazer um diário eletrônico desses: ter contentamento, gostar do que faz. E estar sempre muito à vontade: ter disposição para melhorar constantemente!
Nas postagens anteriores eu disse que falaria das pataformas ideais para você utilizar e hospedar seu blog. Mas ainda não é hoje que essas sugestões vão sair. Por que? Eu explico: estou passando por uma fase fantástica atualmente nesta plataforma e resolvi explorar seus recursos ao máximo: dei uma guinada dentro do blog. Em termos de funcionalidade, fiz uma mudança de template e outras cositas mas. E dentro do que ela me oferece ratifiquei minhas metas perenes: fazer um blog leve, gostoso, interativo e atual -e onde possa postar meus poemas que ainda estão amarelando nesses cadernos por aqui. Mais uma vez confesso, este foi meu objetivo original.
Assim sendo, adiei nossa matéria mais uma vez! Mas, estou conhecendo mais a fundo a essa plataforma, a Blogger, para poder falar melhor sobre ela. E a cada dia que passa me surpreendo com o que eu posso fazer! Na próxima semana trataremos disso. Dela, da Blogger e das outras. Palavra de escoteiro!
Mas o que eu queria falar hoje ainda se refere às origens. Se você leu todas as matérias publicadas aqui sobre metablogagem e ainda não abriu o seu blog, eu não o perdoarei tão facilmente! Sim, digo isso por que você incorreu na falta de curiosidade, que uma das condições sine qua non (ops, desculpe!) para ser um blogueiro.
Poderão dizer alguns: Ah, eu não tive tempo! Taxativamente eu retruco: Mentira deslavada! Pois temos sempre tempo para aquilo que gostamos. Varamos as madrugadas se for preciso. (E como fiz isso nesses três meses, mon Dieu!..)
Mas tudo bem! Cada um tem um ritmo, uma velocidade. E todos temos uma segunda chance, uma terceira...
Blog é um netpet. Já ouviu falar? Animal de estimação virtual, isso mesmo. Você escolhe, decide criar um e o acompanha desde a gestação. Implementa o seu crescimento e ele se torna uma companhia inseparável. Em contrapartida ele promove o seu ego e preenche suas horas vagas (e as outras também!).
Se está disposto a adotar um bichinho virtual, venha comigo. Se não escolheu a sua plataforma de blogagem -(ainda não?)-, na próxima com certeza você vai fazê-lo. Ah, se vai!.. Vai ou racha... ou desiste de vez. Se está em dúvida é bom que desista mesmo, pois isso é uma cachaça, meu amigo! Dizem que não existe ex-blogueiro, cuidado!...
Pra completar e não me alongar muito eu digo: pra ser blogueiro tém que ter disposição e habilidade! Praticar todas as velocidades. É como dançar o Créu...
Um abraço! - Profex.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Meus Poemas - Uai, Uai! (Raizes)

Campos cheios
e risonhos,
montes belos,
horizontes,
muitos sonhos
inda escondem
de permeio
nas gerais.

 Suas minas
cujas lendas
sem iguais
-eu suponho!-,
geram mitos
e contendas.
Criam ritos,
viram rima,
gritam (u)ais!
Autor: Expedito Gonçalves Dias
(Escrito em Lambari-MG, em 15-09-1989, 21h)
0028-Meus Poemas - Uai, Uai! - (crédito da imagem:www.integraminas.gov.br)

Meus Poemas - Palavras Ocultas


Dezenas de páginas borradas trazem-me o caos.
Paus e pedras, contrastes, Oriente e Ocidente,
pulam do jornal, misturam cenas de lixo e arte.
Vejo tudo torto, estranho, meio às avessas.
Tamanho mosaico confunde a mente incauta,
mesmo assim, tento decifrar o mundo num instante.
Busco algo importante, neste prolixo emaranhado,
uma pauta  que valha a pena, um reconforto.
Não acho: o poço é escuro, arcaico e sem fundo.
Estou atordoado, nada disso me interessa!

Esta notícia é pura falseta de um infeliz editor:
o repórter é capacho e o ministro desconversa.
Esta outra, fala do osso e esconde o corte na carne.
Desfilam ante meus olhos ávidos tanta novidade:
um novo golpe de estado numa republiqueta
ou uma surrada receita para emagrecer.
Um certo político imaculado traz a solução
-sem me conhecer-, para os meus problemas
e para as dores da nação...é de estarrecer!

Nada disso me satisfaz e continuo folheando.
Reviro as páginas, releio e quase desisto...
Mas eis que surge alguma coisa séria:
achei aqui, meio esprimido, o caderno infantil!
Nele não há miséria, trapaça ou fome,
não ha registro de governo que caiu.
Ao contrário, tudo é colorido e arejado.
Nele o teto inteiro do mundo se abre
e a imaginação, livre, ganha asas...

Vou fundo também nas palavras-cruzadas,
pinto todas as figuras sugeridas no roteiro
e sinto as cores da vida em cada traço.
Busco então os sete erros da paisagem.
Com esperança, vou além e encontro dez.

E, na busca da palavra oculta do quebra-cabeça,
-nesta pura viagem!, me torno criança outra vez...
Autor: Expedito Gonçalves Dias
(Escrito em 15-12-1976, não registrei hora)
0027-Meus Poemas - Palavras Ocultas! - (crédito da imagem:www.melhoramiga.com)

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Mande a Sua! - Madre Teresa, um exemplo de vida!


 A presente postagem veio por e-mail, enviada por Raquel de Moura, rackdri@hotmail.com
Madre Teresa de Calcutá
Ganxhe Bojaxhiu nasceu em 26 de agosto de 1910, na cidade de Skopie, capital da Macedônia, em uma família católica. Sua mãe, Drana, era uma pessoa de intensa religiosidade. Aos 12 anos Ganxhe despertou para sua vocação religiosa.
A cidade se Skopie, vivia em constante conflito com a dominação turca, em 1912 a cidade foi libertada e conseguiu sua independência. Mas pouco tempo depois sofreu novas invasões.
Seu pai lutava contra os contra os conflitos étnicos, e sua paixão política o levou a própria morte no ano de 1919. Depois disso muitos problemas ocorreram com a família de Ganxhe. Problemas com um sócio, fez com que a mãe de Ganxhe assumisse os gastos da família.
 A família vivia próxima a paróquia do Sagrado Coração e logo a mãe de Ganxhe percebeu seu gosto pelos ofícios religiosos, logo o pároco Frnajo Jambrekovic, incentivou Ganxhe a leitura de histórias missionárias.
"Não tinha completado ainda 12 anos, quando senti o desejo de ser missionária", contou mais tarde Madre Teresa.
Ainda criança, Ganxhe entrou para a congregação Mariana das Filhas de Maria, e ajuda os pobres em sua própria casa.
"Aos pés da Virgem de Letnice, escutei um dia o chamado Divino que me convencia de servir a Deus", disse muitos anos depois a Madre Teresa que confessou descobrir a intensidade do chamado graças "a uma grande alegria interior". Em 25 de dezembro de 1938, aos 18 anos se mudou para Rathfarnham, na Irlanda, onde ficava o Instituto da Beata Virgem.
Em 1929, após 37 dias de viagem pelo mar, Ganxhe chega em Bengala, depois viajou a Calcutè e finalmente chegou em Dajeerling, onde no seminário da Ordem estudou e em 24 de maio de 1931, escolheu o nome de Teresa, inspirada pela Santa Teresa D´Avila.
"Querida mamãe, gostaria muito de estar contigo, Age e Lázaro, mas devo dizer que tua pequena Ganxhe é feliz...Esta é uma vida nova. Sou professora e gosto do trabalho. Todos aqui nos amamos muito", escreveu a sua mãe Drana, a quem nunca mais voltou a ver desde que se mudou de Skope, em 1928.
Entre os 18 de 38 anos, Teresa era religiosa das damas Irlandesas na Índia e professora de história e geografia no colégio Santa Maria, único para meninas católicas em Calcutá. Logo começou a ensinar no colégio de Entally,onde iam as pobres.
Na Índia, colônia Britânica, havia muitas aspirações pela independência e Mahatma Gandhi pregava a não violência. Em 1937 no dia 24 de maio, Teresa professou de forma perpétua suam vocação religiosa.
Começou a se dedicar a um grupo de irmãs indianas de Bengala, que seguim as regras jesuíticas, eram as Filhas de Santa Ana, elas inspiraram Teresa em seu projeto de vida missionária,
O momento crucial para a sua vida que a convertia em Madre Teresa de Calcutá, deu-se de improviso. Ela mesma nos conta: "Ocorreu em 10 de setembro de 1946, durante a viagem de trem que me levava ao convento de Darjeeling para fazer os exercícios espirituais. Enquanto rezava em silêncio a nosso Senhor, pressenti um chamado dentro do chamado. A mensagem era muito clara: devia deixar o convento de Loreto (em Calcutá) e entregar-me ao serviço dos pobres, vivendo entre eles". Logo iniciou sua vida como: Madre Teresa de Calcutá.
Recebeu a permissão da Santa Sede para levar os moribundos das ruas para um lar onde eles pudessem morrer em paz e dignidade, também abriu um orfanato. Em 1950 fundou uma congregação religiosa, e as irmãs de caridade são mais de 4.000, espalhadas por 95 países, e todas as nações permitiram seus trabalhos.
Gradualmente, outras mulheres se uniram a ela de modo que em 1950 recebeu a aprovação oficial do Papa Pio XII para fundar uma congregação de religiosas, as Missionárias da Caridade, que se dedicariam a servir aos mais pobres entre os pobres.
O Papa João Paulo II confiou às religiosas de Madre Teresa a casa "Dom de Maria" aberta no Vaticano, ao lado do Palácio do Santo Ofício, para assistir aos mais pobres e aos moribundos da Itália.
Madre Teresa de Calcutá faleceu na Sexta-feira 5 de setembro de 1997 vítima de uma parada cardíaca. Milhares de pessoas de todo o mundo se congregaram formando várias filas na Igreja de Santo Tomás para despedir-se dela.
Em 1979 Madre Teresa recebia o Prêmio Nobel da Paz por seu trabalho.
(Crédito da imagem: Jornal Missionário)
Profex, estou te mandando algo sobre madre Teresa, pois eu li um livro sobre ela, e fiquei fascinada com essa mulher maravilhosa, e gostaria mto de passar isso para as pessoas. Li tbm um livro sobre o Papa João Paulo, que tbm tenho uma admiração, e são tantos outros que depois vou te passar. Acho que devemos sempre usar a internet p/ trocas de informações e pelo menos tentarmos mudar um pouco esse mundo violento que vivemos. Temos que aproveitar aquilo que é positivo em nossas vidas, e como hoje o que  domina é a net, entao vamos tentar. Estou um pouco sem tempo, mas assim que eu tiver mais, conversaremos. Grande abraço .

terça-feira, 13 de abril de 2010

Transblogando... - Volta ao mundo em muitos beijos!



Dia Mundial do Beijo, 13 de Abril. Este ano esta data foi muito lembrada. E no meu programa de rádio dei um certo destaque. A galera gostou!
Quem se lembra do português José Alves de Moura, o "beijoqueiro"? Ele veio para o Brasil aos 17 anos. Morava no Rio. Depois de uma agressão num assalto, ocorrido em 1966, começou a pirar. Loucura ou não, passou a beijar celebridades, saindo em manchetes de todos os jornais e revistas dos anos 80. Beijou o papa João Paulo II, Brizola e Dercy Gonçalves entre outros...
Como curiosidade resolvi entrar na onda e trazer para nossos leitores alguns dados e comentários que rolaram pela blogosfera no dia de hoje acerca do beijo. Segundo a Wikipedia, a data comemorativa foi criada em 1982 em homenagem a outro beijoqueiro, Enrique Borchelo, morador de uma vila italiana, que beijava todas as mulheres de lá, solteiras e casadas. Um padre francês que lá residia, inconformado com aquilo, instituiu um prêmio em dinheiro para a mulher que ainda não tivesse sido beijada pelo dito garanhão. Só que até a morte do padre nenhuma mulher apareceu para reclamar o prêmio...
O recorde registrado no Guiness Book para o maior evento de beijo coletivo foi para o beijaço promovido por Claudia Leite : 8.372 casais se beijaram o Mineirão, em 2009, ao som da música 'Beijo na boca'.
Filematologia é a ciência que estuda o beijo. Sabia? Tem cientista pra tudo! O blog português SIC ONLINE traz detalhes de como o ato de beijar, esse teletransporte para o paraíso, afeta nosso organismo...
Mais curiosidades sobre o beijo foram postadas por Lieberty Abreu no seu blog.
Ah, Paris, a Capital do Amor...tudo a ver com beijo! Ora, pois, pois!-, este outro site português, o Visão  traz uma galeria de fotos com100 beijos em Paris para comemorar a data!
Já o Alexandre Inagaki do Interney Blogs coloca outras referências interessantes sobre o dia de hoje e sobre o ato de beijar, creditando a Ingrid Bergman a famosa frase: "O beijo é um truque maravilhoso que a natureza inventou para interromper a conversa quando as palavras se tornam supérfluas".
O Ego do Globo.com traz os flagras dos famosos. E haja beijo! Até os "selinhos" da Hebe estão por lá.
Pois existem beijos e beijos: beijos furtivos, molhados, respeitosos, de Judas.
Beijos carinhosos, escandalosos, proibidos e até debaixo d'água... a lista é infinita.
Agora que já fizeram uma viagem, ainda há tempo. O Dia Mundial do Beijo ainda não acabou. Aproveite. Beijo roubado também vale!
¡oƃıɯɐ ɯn ɐɹɐd ǝpuɐɯ ǝ ǝʇuǝɯoɔ ¿ʇsod ǝʇsǝp noʇsoƃ
A propósito...um beijo a todos! - Profex
(crédito da foto: Danuta Pullig/VC no G1)

Trocando em miúdos - Um blog mais leve!

Postando do iGoogle - Falando de bugs e justificando minha ausência temporária...

Tenho estado há três dias dando uma geral neste blog. Espero a compreensão de todos...
Tudo começou com a penitência no fim da quaresma, uma sacada do companheiro Marcos Lemos do Ferramentas Blog, que eu já havia citado aqui noutra oportunidade.
E comecei a verificar tudo o que poderia ser reduzido para que ele carregasse mais rápido. Retirei os vídeos inúteis e outros badulaques que havia. Todo o excesso de gordura...
Pensei também na melhoria do layout. Para tanto, fiz uma ligeira troca de template, assim meio com medo. Depois dessas ações, vi que realmente está carregando mais rápido. Reduzi o número de postagens da primeira página, para pensar em complementos e elementos fixos mais interessantes. Espero que gostem!
Tive sorte nessa mudança, pois perdi poucas coisas em termos de configuração e tudo já está tudo entrando em linha...
Tem ainda uma mudança que estou tentando implementar referente à ligação de conteúdos em cada post, aquele conhecido "leia também" ou "você também poderá gostar disso", comandados pelos Marcadores do blog.- estou ainda 'pedindo ajuda aos universitários...'(!)
Mas o que está pegando mesmo é que dois dias atrás, ao começar a tarefa, deparei com alguns bugs sérios e tenho tentado consertá-los.
Esses erros detectados se referem a ligações (linkamentos) entre serviços essenciais para o funcionamento de todo o sistema; principalmente entre correios eletrônicos. Também do iGoogle e outros complementos da estrutura Blogger-Blogspot -a plataforma que utilizo para postar e hospedar o blog - com os demais serviços que uso mais constantemente. Chequei ainda o envio de feed do blog para as redes sociais, Twitter, Facebook, Orkut, etc..Muito complicado? Pode parecer, mas há 3 meses eu nem sabia o que era "blog". Então é apenas questão de pesquisar um pouco e 'botar a mão na massa'. (Na verdade está complicado postar daqui, do iGoogle, não gosto muito de 'aspas' e estou tendo de usar em excesso).
Resumindo: é justamente para fazer esses testes essenciais que estou afastado das postagens, mas já volto amanhã!
Ah, estou implementando também uma versão do BLOG DO PROFEX para gadget móvel. Eu explico: com o advento dos smartphones e as novas tecnologias, já é possível acessar um blog pelo celular. Portanto já está saindo a versão móvel deste blog. Aguardem apenas algumas horas..
Vejam só: o mais interessante de todo esse papo até aqui, é que esta postagem está sendo feita do painel do iGoogle, e não do painel do Blogger, como de costume - estou fazendo umteste de viabilidade deste recurso, só pra ver se funciona mesmo....
(Explicando rapidinho: O iGoogle é a tentativa da Google de agregar numa conta tudo o que pode ser feito na internet: redirecionamentos dos serviços, portais de notícias, correios eletrônicos e até esse mini editor que joga a postagem direto no blog.)
Será que vai dar certo? Vai funcionar?
Daqui a pouco eu vou confirmar.
Mas, se você está lendo aí agora, é porque deu certo!
Um abraço. - Profex.
(Observação final: voltei agora ao painel do Blogger...havia dado tudo certo, conforme pudemos constatar, postando do iGoogle.. Até que para postagens rápidas, funciona, mas ele tem limitações. Mas como eu quis colocar um link para o blog do Marcos Lemos, além de negritos e itálicos essenciais na fonte que usei no post, tive que vir pra cá. Do iGoogle não é possível descer a esses detalhes, pelo menos por enquanto...)

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Meus Poemas - Eu sou asssim!

 
Faço reverência ao Sol,
escuto a canção da chuva
me apaixono pela Lua;
mergulho no mar da fantasia
e vivo cada minuto da vida!

Assim sou eu,
um eterno aprendiz,
um caçador de mim.
Trago na mente
uma urgência incontida
uma incongruência nua....

Assim sou eu,
uma verdade que se desdiz,
permanentemente, bem assim...

Sou, todavia,
um caminho que cruza com o seu!
Autor: Expedito Gonçalves Dias
(Escrito em 15-04-2010 às 13:00 h)
0026-Meus Poemas - Eu sou asssim! - (crédito da imagem: www.smashingmagazine.com)

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Meus Poemas - Perigo!

Uma nesga de luz muito fina
provém da candeia no teto.
Convém que eu olhe de perto
essa nudez de menina
que incendeia e sacode
e me deixa desse jeito.
.................................
Explodem dentro do peito
o coração e as veias...

...alguém apague a candeia!

Autor: Expedito Gonçalves Dias
(Escrito em 15-02-1992 às 22:00 h)
0025-Meus Poemas - Candeia

terça-feira, 6 de abril de 2010

Meus Poemas - Interrogação

Explicar o amor: quem há de...?
A órbita sustenta-se a si mesma, os planetas apenas obedecem ao seu traçado mágico.
A amálgama que produz a forma apenas se ajusta às leis da Beleza.
As imagens visíveis são apenas reflexos da sombra absurda.
A sua presença se faz pela louca necessidade que me atrai ao seu círculo.
E vice-versa.
Explicar o Amor...
Quem há de explicar?
Autor: Expedito Gonçalves Dias (Escrito em 22-02-89, em Lambari-MG)
0023-Meus Poemas - Interrogação

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Mande a Sua! - Significado e Significante

"Chegada a tarde de domingo, cerradas as portas por medo dos judeus, os discípulos perceberam surpreendidos, Jesus a saudar-lhes:
-A Paz esteja convosco!
Mostrando-lhes as mãos e o lado, tornou:
-A Paz esteja convosco, como o Pai me enviou, eu Vos envio ao mundo!"
(João 20, 19-21)

Páscoa é Ressurreição de Cristo!
Os discípulos tanto o receberam que venceram receios dos homens e evangelizaram o mundo!
A morte, efetivamente, não existe, mas alguém só se faz redivivo para outro alguém!
Se o 'morto' não é admitido como 'vivo', como morto e extinto permanecerá! Será ainda um interlocutor 'surdo e mudo', ausente!?!
Jesus 'inoperante' em nossas existências, sem nos alterar propósitos, atitudes e realizações é mera 'questão de crença' e 'culto exterior'!
'Aresentou-se' mas não foi ouvido, admitido, considerado...permaneceu sem resposta!?!
Triste nos é constatar: Cristo permanece na História como acontecimento, passado, acomodado em nossa presente realidade e interesses!
O 'Cristo Redivivo', que impulsiona, desconforta e transforma, ainda não nos aconteceu...ou melhor, não foi por nós percebido!?!
A Páscoa seguirá sempre ocorrendo na interioridade dos que 'põem ovos, germens de vda'!...
...para os outros, permanecerá expectativa de fátuos regalos, em chocolates travestidos de cores e brilhos!
-Fred Azze, Apresentador do Programa Momento Espírita na 87,9-FM, Rádio Princesa do Sul - Varginha-MG

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Mensagens do Amigo do Rádio - Páscoa, passagem para uma dimensão maior!


Que sua Páscoa seja achocolatada! Eu sei que você vai ganhar ou vai presentear seus amigos com ovos de chocolates, celebrando a amizade! Isto é bom sinal. Espero que o significado da data e seus símbolos esteja embutido nessa celebração.
Para que esta visão seja eclética, selecionei também o texto do pastor Vanelli, membro da União dos Blogueiros Evangélicos, que nos alerta para termos uma Páscoa com o Cordeiro e não com o coelho!
Trago ainda uma visão pra lá de gostosa:o paulistano Cobra aqui é o maître, falando de Páscoa, chocolates e ensinando a preparar bacalhau e outras guloseimas. Um blog inteiro de receitas deliciosas!
A imagem dos coelhinhos foi tirada do site Imagens de Marca onde vc vai conhecer a história da Confeitaria Nacional de Portugal. Chocolate de dar água na boca! Nosso presente de Páscoa...
Deixo os meus votos, pessoais, aqui do BLOG DO PROFEX, de que a Páscoa signifique uma passagem para uma dimensão maior. Aí mesmo, dentro de você! E a chave da passagem para esta dimensão está em seu poder!
Que esta dimensão de Vivenciar o Amor e Compreender a Beleza sejam suas por mérito e decisão!
Que os coelhos continuem a por seus ovinhos coloridos, que o bacalhau seja servido e que a fraternidade esteja presente nesta celebração da ressureição, da superação de obstáculos, nesta passagem do Humano ao Divino de cada um de nós.!
Agradeço pela paciência, nas longas filas das lojas especializadas em chocolates. Pelas horas empenhadas em confeccionar com carinho, em casa, os próprios ovos de Páscoa. Obrigado pelos que me foram enviados. Não mereço tanto!.. Feliz Páscoa!
Expedito G.Dias-Profex 
Gostou desta postagem? Comente! Envie para alguem especial!

Formulário de Contato - Expresse sua opinião. Retornarei!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja as Postagens Populares do blog

Aguardo você por lá!...

Informação Importante

Este blog - O Blog de Poesias do Profex - anexa ou linka textos da internet preocupando-se em dar o devido crédito a eles e sua origem. As imagens, na sua maioria são do banco de dados do Google, conforme indico junto às postagens. Quem se sentir lesado por uma exibição indevida, por favor entre em contato para que eu possa atribuir os respectivos créditos; ou ainda, se for o caso, retirar das páginas a postagem ou imagem em questão.

Espero portanto que se um leitor tiver a pretensão de usar uma matéria (ou parte dela), um poema (ou um excerto dele), faça da mesma forma, dando o devido crédito junto à elas, sob pena de se fazer valer a Lei de Direitos Autorais.


E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
Some images used on the BLOG DO PROFEX are taken from the web via Google Images, if by chance you find any here who is registered and of his own, let me know that I will be happy to credit! Thank you!

.verificar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...