Poesias, Varginha-Terra do ET, BRICS, Dicas, Frases e Reflexões...

quinta-feira, 24 de março de 2011

Meus Poemas - Carências e Urbana

Carências
Diante do açoite e por estar sozinho,
sem pressa de eco ou de porvir,
aboli o tempo e ele não mais amola.
A mente me conduz, por aí, indiferente.
E por não ter noção de perigo,
caminho nessa noite cheia de grilos...
Sei que peco por querer tão pouco.
Definitivamente, me nego a mentir:
minha pobre alma 'inda implora asilo;
meus ouvidos moucos pedem brisa;
meu coração duro, um aconchego...
E, a pele, uma inocente mão-que-alisa!

Autor: Expedito Gonçalves Dias (Profex) . Escrito em 22-08-2002, em Varginha, 22:30 h


Urbana
Pra quem falo no meu silêncio de pedra?
Pra quem peço socorro?
Depois da queda não há ninguém.
Não sai no jornal se estou vivo ou se morro.
Morro aos poucos, mas meu corpo vaga por aí.
Minhas contas ninguém paga.
Minhas roupas ninguém lava.
Minhas culpas ninguém assume.
Os ponteiros do relógio pararam à meia-noite.
Sigo em companhia dos grilos e dos remanescentes vaga-lumes.
Uma catedral além da esquina redobrou meus medos com seus sinos.
Uma grande coincidência.
Brutal, gigantesca... Indecente!
Ainda tento procurar as páginas perdidas de um diário.
Nelas havia colocado minha sina.
Um holofote de jardim projeta minha sombra num prédio.
Um fantasma pedindo clemência,
uma sombra dantesca num cenário fatal.
Vago pela rua.
Corpo em decadência. 
Alma nua, cuja inocência a lua levou com seu assédio.


(fontes das Imagens: Google)
Autor: Expedito Gonçalves Dias (Profex) . Escrito em 25-03-2011, em Varginha, 12:30 h
EM TEMPO:
MEME LITERÁRIO
Como sempre tenho de agradecer as indicações e carinho dos amigos blogueiros!...
Desta vez, que me coloca na berlinda é a ANDRÉA ÁVILA do blog Eu e meu medo.
Ela me convida para participar de um MEME Literário, indicada que foi pela Sam.
Os amigos que eu indicar deverão seguir os mesmos passos.
1-Ela  pergunta:
-Existe um Livro que você leria várias vezes sem se cansar?
Existe sim e leio sempre! Recarrego minhas pilhas lendo Mensagens de um Amigo, de Antony Robbins. Quem passar por situações limites e precisar de uma palavra de incentivo encontrará nessa obra. Nem sempre os amigos ou familiares conseguem trazer pra você, naquela hora, o incentivo e o 'realinhamento' de objetivos necessários como este 'livrinho' traz. No diminutivo, por carinho. Mas grande no seu conteúdo. É um dos meus livros de cabeceira. Está todo rabiscado, cheio de anotações, o coitado...


-Se você tivesse que escolher apenas um livro para ler pro resto da sua vida, qual escolheria?
Não seria um livro religioso. Talvez um bom e volumoso livro de Piadas. Ou de Poesia ou Contos. Ou de Curiosidades. Ou de Ficção Científica.... 
Mas, nada pesado, nem altamente filosófico. Bem light, seria. E como tenho de escolher, vamos lá. 
Sem esquentar muito, como sou mineiro, ficaria com Contos Mineiros. Uma feliz coletânea editada em 1984. Para me reencontrar com Aníbal Machado, Adélia Prado, Carlos Drummond de Andrade, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos, Otto Lara Resende, Wander Piroli, Murilo Rubião, Roberto Drummond e por aí vai... 
Ler os mineiros, sem bairrismo desnecessário, eu digo - é como tomar um sorvete num dia de sol daqueles, sentar num banco de praça numa tarde tranquila ou receber um abraço gostoso e inesperado da pessoa amada. Lava a alma e o corpo fica leve, flutuando...

-Indique 3 dos seus livros preferidos:
Fica fácil. Vou lá na mesinha de cabeceira buscar buscar. Peraí...


Eu e Outras Poesias - de Augusto dos Anjos. A minha edição não tem essa capa. Ainda é das antigas, sem ilustração, apenas com um 'EU', enorme em vermelho num fundo beje. Está encapado de plástico, pois vive sendo manuseado.A edição é a de número 31 e é de 1971.
Sobre Augusto dos Anjos, para os literatos, não é preciso recomendar nada. Mas para os novos eu recomendo. É simplesmente genial. Tanto o livro como a história desse poeta bissexto. Impossível ler Augusto dos Anjos e continuar sendo a mesma pessoa!






O Corpo Fala - de Pierre Weil e Roland Tompakow.
Foi o livro da moda nos anos 70 e continua atual. Foi lido pelas recentes gerações de artistas, de teatro, principalmente. Gostoso de ler, ele mostra, com hilárias ilustrações,  a verdade que as palavras não dizem. Mesmo que você afirme a alguém uma coisa com veemência, o corpo pode estar dizendo outra... 

Tem um mentiroso em casa? Descubra neste livro o que ele realmente está dizendo quando vem com aquelas palavras bonitas, ou vice-e-versa...


Zanoni - de Edward Bulwer Litton 
É um clássico da literatura ocultista que narra a saga de um mago, suas peripécias e seu romance tumultuado fantástico cenário da revolução francesa. O livro exerce um fascínio muito grande! É para ler e reler e reler...

E gostaria de citar outros livros pelos quais eu tenho verdadeira fixação. Um autor de dois deles foi citado pela Andréia: George Orwell, com 1984 e A Revolução dos Bichos.
E, peraí!!!...tem um outro livro que eu não encontro mais: 
Quem tiver e quiser arranjar um jeito de copiar e me enviar eu ficaria imensamente grato! Pois vejam só, por algum motivo não muito 'bento' - como dizia um padrinho meu - ele desapareceu até dos sebos! Até no  Google tá difícil! Não me lembro mais do autor. Robert C O'Brien'? - mas o título é: O Relatório Secreto do Grupo 17. Quem tiver um por aí ou souber de informações acerca dele, pode entrar em contato. Ficaria muito grato...

2-Ela  pede também para indicar 10 blogs:
(Fica bem claro que participa quem quiser, a escolha está sendo feita com  critério: reconhecimento e carinho, mas pode ser que a pessoa seja atarefada demais. O que seria uma pena...)
-Ler Escrever e Viver, da amiga Gisa
-Filosofia Ágape, da amiga Daniele Dalavecchia
-Cut Things For You, da amiga Viviane Borges
-Jefh Cardoso, do amigo Jefh Cardoso
-Alma Minha Alma, da amiga Nair Morbeck Sobrinha
-Sei lá, de Pedras Nuas
-(In)Percepções, da minha querida Malu
-Rimas do Preto, do amigo Sandro Honorato
-Calma, que estou com pressa!!, da amiga Lúcia Klein
-Coração entre palavras, da amiga Tecas

Agora é lá com vocês, que estou curioso!

3-E pede para não esquecer de mencionar quem indicou:
Mais um vez, um Grande Abraço à ANDRÉA ÁVILA do blog Eu e meu medo. 
Foi ela sim quem  me colocou nessa enrascada! Mas foi bom, não doeu nada!

Formulário de Contato - Expresse sua opinião. Retornarei!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja as Postagens Populares do blog

Aguardo você por lá!...

Informação Importante

Este blog - O Blog de Poesias do Profex - anexa ou linka textos da internet preocupando-se em dar o devido crédito a eles e sua origem. As imagens, na sua maioria são do banco de dados do Google, conforme indico junto às postagens. Quem se sentir lesado por uma exibição indevida, por favor entre em contato para que eu possa atribuir os respectivos créditos; ou ainda, se for o caso, retirar das páginas a postagem ou imagem em questão.

Espero portanto que se um leitor tiver a pretensão de usar uma matéria (ou parte dela), um poema (ou um excerto dele), faça da mesma forma, dando o devido crédito junto à elas, sob pena de se fazer valer a Lei de Direitos Autorais.


E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
Some images used on the BLOG DO PROFEX are taken from the web via Google Images, if by chance you find any here who is registered and of his own, let me know that I will be happy to credit! Thank you!

Últimas Postagens

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...