Abrir popup
Poesias, Varginha-Terra do ET, BRICS, Dicas, Frases e Reflexões...

segunda-feira, 8 de março de 2010

Mensagens do Amigo do Rádio - Sem saudades da Amélia

Não devo ter saudades da Amélia. Ataulfo Alves que me perdoe...
Desde que a mulher conquistou o seu espaço merecido ela continua a mesma mulher para os não-machistas. Continua linda, tem desejos, é competente e sabe ser solidária.
Elas sim, deveriam ter saudades...
Parabéns, no entanto, pela conquista, pela revolução silenciosa e duradoura empreendida por elas e que veio para ficar!
Mas a mulher atual tem sofrido muito mais. A jornada de trabalho da mulher dobrou, ela continua escrava do relógio, da moda, das próprias opções. Se deprime quase sempre diante de tantos preconceitos. O mercado que hoje as aceita não lhe dá os mesmos privilégios dos homens e exige muito mais dela.
Vou ser rápido, curto e grosso: prefiro a mulher que continua buscando seu próprio lugar! Os porco-chovinistas de plantão continuam achando que o lugar delas é pilotando um fogão ou a máquina de lavar e fazem piadas constantes sobre isso.
Eu continuo insistindo que elas devem ter a opção, a de fazer de suas vidas o que bem entenderem. Afinal, o dom da escolha sempre pertenceu à mulher. E é ela quem escolhe os parceiros para manter a progenitura saudável. Ela que é a mantenedora do lar e ainda é ela é quem dá a última palavra. O mundo sempre foi assim e tem avançado. E assim deve continuar.
Por isso neste Dia Internacional da Mulher deixo minha solidariedade e meu carinho a todas elas. E porque elas nos fazem tanta falta eu deixo aqui, como homenagem, as palavras do Poetinha-Maior, que fui buscar no Blog do Alexandre:

A mulher que passa - Vinícius de Moraes:

Meu Deus, eu quero a mulher que passa
Seu dorso frio é um campo de lírios
Tem sete cores nos seus cabelos
Sete esperanças na boca fresca!
Oh! como és linda, mulher que passas
Que me sacias e suplicias
Dentro das noites, dentro dos dias!
Teus sentimentos são poesia
Teus sofrimentos, melancolia.
Teus pelos leves são relva boa
Fresca e macia.
Teus belos braços são cisnes mansos
Longe das vozes da ventania.
Meu Deus, eu quero a mulher que passa!
Como te adoro, mulher que passas
Que vens e passas, que me sacias
Dentro das noites, dentro dos dias!
Por que me faltas, se te procuro?
Por que me odeias quando te juro
Que te perdia se me encontravas
E me concontrava se te perdias?
Por que não voltas, mulher que passas?
Por que não enches a minha vida?
Por que não voltas, mulher querida
Sempre perdida, nunca encontrada?
Por que não voltas à minha vida
Para o que sofro não ser desgraça?
Meu Deus, eu quero a mulher que passa!
Eu quero-a agora, sem mais demora
A minha amada mulher que passa!
Que fica e passa, que pacífica
Que é tanto pura como devassa
Que bóia leve como a cortiça
E tem raízes como a fumaça.
EU ESTOU TORCENDO POR VOCÊS!
Expedito G. Dias
  (Obs: Tentativa de colocar em texto as mensagens feitas de improviso no final do meu programa diário de rádio, o ESPAÇO C3 - CLUBE DA COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA, na 87,9 FM-Rádio Princesa do Sul-Varginha-MG)
Fonte: www.secrel.com.br - retirado do blog do paulista Alexandre Prestes.

3 comentários:

Fátima disse...

E agora!!!!!!
Falar o quê se temos um blog chamado "Que saudade da Amélia", rsrs.

A saudade é apenas DO TEMPO em que se podia ser apenas mulher, sem ter tantas incumbências, cobranças,, mas não temos saudade nenhuma de SERMOS a Amélia.

Vamos fazer as pazes vai...

Beijo de boa noite.

BLOG DO PROFEX disse...

Parece que você captou tudo. Isso mesmo! Volte sempre. Um abraço!

BLOG DO PROFEX disse...

Este adendo é pra todos, principalmente Amélias e não-Amélias nos visitam: este é o blog da Fátima...http://quesaudadedaamelia.blogspot.com/

Formulário de Contato - Expresse sua opinião. Retornarei!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja as Postagens Populares do blog

Aguardo você por lá!...

Informação Importante

Este blog - O Blog de Poesias do Profex - anexa ou linka textos da internet preocupando-se em dar o devido crédito a eles e sua origem. As imagens, na sua maioria são do banco de dados do Google, conforme indico junto às postagens. Quem se sentir lesado por uma exibição indevida, por favor entre em contato para que eu possa atribuir os respectivos créditos; ou ainda, se for o caso, retirar das páginas a postagem ou imagem em questão.

Espero portanto que se um leitor tiver a pretensão de usar uma matéria (ou parte dela), um poema (ou um excerto dele), faça da mesma forma, dando o devido crédito junto à elas, sob pena de se fazer valer a Lei de Direitos Autorais.


E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
Some images used on the BLOG DO PROFEX are taken from the web via Google Images, if by chance you find any here who is registered and of his own, let me know that I will be happy to credit! Thank you!

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...