Abrir popup
Poesias, Varginha-Terra do ET, BRICS, Dicas, Frases e Reflexões...

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Meus Poemas - Serventia

Meu ofício é decifrar as dores,
as tais que enferrujam a alma.
Não me enjaula a mesmice
e não me aquieta a rotina.

A tradução é quase certa,
mas a alma inquieta quer detalhes
na mais pura ignorância.
Desde criança eu aprendi:
pros males há sempre uma cura
aqui ou nos confins do mundo.
Falo sério sem enrolação
e num segundo volto a sorrir.

Frente ao mistério, eu me calo
buscando uma elucidação
-a dúvida não é benefício!
Não pense que não aprendi.
Se na contramão da vida
as cores pra mim não combinam,
seguro o freio de mão:
eu sei que o bem sempre vence!

Se, na lida do dia a dia,
o corpo já não me contém
e o tédio procura guarida,
a poesia então é conforto...

Me ensinam as lutas vencidas
que a calma também é remédio.
Em cada esquina meu verso
inóquo e sem serventia
me ensina a melhor direção.

Quando se aproxima uma idéia
e se rola um contrasenso
-que me alcança em hora benta-,
um sol bêbado me ilumina:
A rima inventa uma dança,
criando um novo poema!

Ele redime o que eu penso,
não se cansa, muda a cena,
neste clima minh'alma extrapola
e a magia mostra seu time.

Essa coisa sem serventia,
não parece mas tem seus dons
de profundo entendimento...

Irmã do tempo, essa criança! -,
põe no lugar cada estrela,  
instala a ordem no caos...
Diante dela o mundo se cala:
Os maus, os mornos e os bons;
os bons, os mornos e os maus!

MAIS UM FINGIDOR

Finjo que não minto,
só para agradar essa gente...
Mas, no fundo, infelizmente, eu sinto
que minto, minto, minto, descaradamente! 
(Profex)
(imagens: (mscamp.wordpress.com e supremamaegaia.blogspot.com)
Autor: Expedito Gonçalves Dias (Profex)
Poemas escritos em 21-12-2001 às 23h; e, 25-01-2011 em Varginha-MG
Em tempo:
Ainda em clima de aniversário deste blog fui buscar alguns mimos, entre eles os de alguns aniversariantes também, para homenageá-los. Deixo o meu carinho e solidariedade: Blogar é arte, ofício, dedicação. (..mas que sacrifício bão!)
Parabéns!


A Vida De Uma Guerreira, da amiga Nilce >>>Primeiro Aniversário
BeautyBlog, da Andrea, Carolina e Vanessa >>> Primeiro aniversário



E finalmente deixo o selo abaixo, pode levá-lo para colocar no seu blog.
Fui buscá-lo no INFINITO PARTICULAR, da minha querida MALU:
UM GRANDE ABRAÇO A TODOS!

a partir de 25/01/2011
Postado por EXPEDITO GONÇALVES DIAS - Profex

14 comentários:

Malu disse...

A serventia da poesia é essa que bem definiu no teu lindo poema - nos acalmar e nos fazer lembrar a todos intantes que somos imortais pelos seus caminhos de rimas, métrica, sons, sentimentos.
Na poesia se pode tudo, pois nela o poeta é um finjidor das suas dores e dos seus desejos, pii assim dizia o POETA maior - PESSOA.
Beijinhos, meu lindo

Ingrid disse...

muito gostoso te ler..
leve.. e de grande serventia.. ;-)
beijo.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário.
Te sigo
Grande abraço

Arione Torres disse...

Oi amigo, vim retribuir a visita que você fez ao meu blog. Também quero agradecer pelo lindo comentário. Já estou te seguindo. Gostei muito do seu blog e dos poemas. Um abraço, fica com Deus.
Volte sempre ao meu blog. Você sejá sempre bem vindo.

Valéria Braz disse...

Que linda poesia.... e que mostra para que serve....
Encantar, fazer pensar, questionar....
Tudo em versos se torna mais próximo!
Beijo no coração

M. Sueli Gallacci disse...

Olá amigo, vim agradecer a gentil visita e me deparei com esse belíssimo poema!

Acho que vou escrever um e começará assim:

"Meu ofício é decifrar as cores,
as tais que enfeitam a alma." rsrs.

Adorei!

Grande Abraço.

jotacmf disse...

Olá meu amigo vim agradecer a visita e lhe dizer que adorei o Blog e logo ao entrar vi esse lindo poema, parabéns muito lindo estarei agora seguindo esse ótimo Blog.
grande abraço

mundo virtual disse...

Obrigado pela visita no meu blog,lindo poema amigo!!!
grannnnde Expedito
valeuuu...
um abração!!!

BEM CAPAZ disse...

O poeta é um fingidor.
Já dizia Fernando Pessoa.
Adorei seu espaço poeta.
"Se, na lida do dia a dia,
o corpo já não me contém
e o tédio procura guarida,
a poesia então é conforto..."
Obrigado pela visita,e tenha certeza que estarei sempre por aqui.
Abração forte.

Si disse...

Caro Expedito,
Indiquei seu blog para uma brincadeira e selo. É uma oportunidade para homenagear seu excelente trabalho!
Desejo-lhe todo sucesso e sorte.
Um grande abraço,
SI

Claudia Paixão disse...

Obrigado por ter visitado o meu blog e fiquei super feliz que esteja curtindo. É bom ter estes comentários edificantes... Ainda sou bogueira de primeira viagem mas estou tentando.
Sua filha é uma pessoa verdadeiramente muito querida e sinto por não ter tido oportunidade de vê-los quando estiveram no Brasil. Meu tempo é muito curto e sair daqui fica, em alguns momentos, impossível.
Gostei de seu Blog também, e ainda vou levar muito tempo passeando por todo o seu rico conteúdo, mas prometo fazer isto e certamente poderemos trocar figurinhas.
Abraços
Claudia Paixão

Graça Pereira disse...

Amigo
A serventia da poesia está aqui tão bem explicada que não preciso procurar em nenhum lado...para que serve a poesia???
Lindo e um beijo.
Graça

BLOG DO PROFEX disse...

>>> Malu :> Por não ter serventia é que vale tanto. Alivia, abre portas... para dizer verdades que até parecem mentiras. Beijos minha menina...

>>> Ingrid :> Obrigado pelo comentário, Ingrid. Grande abraço!

>>> Wanderley Elian :> Que bom que você veio. Permanceça com a gente...

>>> Arione :> Obrigado por retribuir a visita. Obrigado pelo comentário!

>>> Valéria Bráz :> A poesia é uma tradução de sentimentos e sim, consagra e aproxima os pensamentos. Grande abraço!

>>> M Sueli :> Comece sim seu poema e depois me avise ao terminar. Boa idéia. Obrigado pela visita!

>>> Jota cmf :> Obrigado por visitar, comentar e seguir o blog. Grande abraço!

>>> Mundo virtual :> Valeu pela visita!!! Grande abraço!

>>> Bem capaz! :> Que bom que vc apareceu por aqui. Agradeço pelo comentário...

>>> Si :> Obrigado pela indicação. Na próxima postagem estarei colocando seu selo e participando da brincadeira. Grande abraço!

>>> Claudia Paixão :> Obrigado por ter vindo pela indicação da Marina. Visitei seu blog e gostei. E com o tempo dá pra dar uma 'viajada' por aqui. Esteja à vontade.

>>> Graça Pereira :> Obrigado Graça. Mas se procurarmos e meditarmos sobre os aspectos da poesia, ainda vamos longe! Grande abraço!

Silviah Carvalho disse...

Esconder-se nas palavras é a atititude mais certa, elas não voltam vazias, ou nunca voltam.
Beijos, obrigada pela visita e a indicação, não sei do que se trata mas vindo de você deve ser muito bom.

Formulário de Contato - Expresse sua opinião. Retornarei!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja as Postagens Populares do blog

Aguardo você por lá!...

Informação Importante

Este blog - O Blog de Poesias do Profex - anexa ou linka textos da internet preocupando-se em dar o devido crédito a eles e sua origem. As imagens, na sua maioria são do banco de dados do Google, conforme indico junto às postagens. Quem se sentir lesado por uma exibição indevida, por favor entre em contato para que eu possa atribuir os respectivos créditos; ou ainda, se for o caso, retirar das páginas a postagem ou imagem em questão.

Espero portanto que se um leitor tiver a pretensão de usar uma matéria (ou parte dela), um poema (ou um excerto dele), faça da mesma forma, dando o devido crédito junto à elas, sob pena de se fazer valer a Lei de Direitos Autorais.


E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
Some images used on the BLOG DO PROFEX are taken from the web via Google Images, if by chance you find any here who is registered and of his own, let me know that I will be happy to credit! Thank you!

.verificar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...