Abrir popup
Poesias, Varginha-Terra do ET, BRICS, Dicas, Frases e Reflexões...

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Um RESUMO do momento político do Brasil



Um RESUMO do momento político do Brasil

Antes não se investigava nada neste país!
Tudo era engavetado ou jogado debaixo do tapete. E investigar corruptos e corruptores é a única maneira de moralizar o país. De deter e modificar a cultura de corrupção que herdamos ainda da nossa colonização. 
Só que sempre fomos colonizados. E agora, os nossos colonizadores modernos ainda usam do mesmo expediente...
No Brasil os tucanos à frente da Oposição, são os representantes dos novos mandatários da capitania. Infelizmente os tucanos AINDA aparelham a justiça em seus estados e têm a grande mídia na mão, o que está ficando difícil esta jornada de moralização. Eles chegam até a corrromper uma parte da base do governo.
Está difícil fazer com que larguem o osso! Estão no poder há longa data e têm uma influência entranhada no cerne, no tecido do poder. Dilma ganhou as eleições, mas a Oposição ainda dita uma agenda paralela.
Dilma resiste bravamente. Em tempos passados muitos presidentes renunciaram, foram mortos, suicidaram ou fugiram.

A oposição aproveitou então, uma brecha, uma fraqueza de Dilma, por que os presidentes são humanos e mesmo Dilma, com um passado de lutas tão singular, também fraqueja. O processo eleitoral foi desgastante com toda a mídia jogando a favor da oposição: debates manipulados na TV, pesquisas estranhas e ataques acirrados. Um dos candidatos morreu num acidente mal explicado e um sobe-desce nas pesquisas e muitas armações... enfim, Dilma ganhou. O que seria fácil antes, foi suado, com pouca margem e base para governar de forma tranquila e de imediato.

E a Oposição se aproveitou desse hiato e tentou o colocar o povo contra Dilma. Usaram a mídia (ou foram usados pela mídia, não importa!), o fato é que se locupletam e insuflaram manifestações contra o governo, numa espécie de terceiro turno. Um ano antes o povo já saíra às ruas, demonstrando que havia alguma coisa de errado no ar. Mas não sabia identificar o que era e atendeu ao pedido ns redes sociais de grupos de jovens na internet, alguns deles financiados por entidades de fora do país. O tempo passou e vieram as eleições.

O povo saiu às ruas pedindo fim da corrupção, 'liderados' justamente por pessoas que faziam parte dela. Houve ainda um segundo movimento nas ruas, agora menor, pois esses que saíram às ruas vão caindo em si...
O processo de golpe continua ainda em grupos no Congresso, no Senado, no MPF e por fim, na republiqueta do Paraná, onde conseguem aparelhar o poder e a mídia e uma parte da 'justiça' num outro espetáculo promovido pelo GRUPOGLOBO como o anterior, bem similar ao Mensalão, tentando dar um tiro no peito da Petrobrás, a maior empresa do país, num novo processo midiático!.Claro que quando este se esgotar, inventarão um terceiro!

A mídia promove shows midiáticos agendados a cada período e já vai para 7 anos este golpismo cerrado contra o Partido dos Trabalhadores, num processo de demonização do partido: começou com a AP 470, o Mensalão, no STF, comandado por um juiz desconhecido na época, Joaquim Barbosa, que a GLOBO tentou vender como herói nacional. A ação é hoje repudiada pelos tribunais mundiais, como um processo cheio de erros, cujo objetivo era dar um tiro no partido de sustentação do governo, colocando na cadeia, mesmo sem provas, usando a teoria do 'Dominío do Fato', os principais ícones e líderes do partido. Ainda restavam Lula e Dilma.

Hoje está em curso outra ação penal, Lava-Jato ou Petrolão, com a mídia no comando de novo!
A estratégia atual mudou. Foi instituída na primeira instância que dá poder de prisão e não aceita habeas corpus comuns. Assim o juiz poderia prender quem quisesse. Foi criada uma espécie de guantânamo brasileira, onde outro herói midiático era construído com prêmios e homenagens globais: Sérgio Moro! 

Sérgio Moro, como acontecera com Barbosa, era outro ilustre desconhecido, início de carreira, cheio de gás e de ilusões de poder! Outro produto de marketing global. A operação Lava-Jatoteve várias fases e chegou a dar prejuizos enormes à Petrobrás, com desvalorização dos papéis, desemprego e ameaça de paralização de obras. O STF teve de dar um basta, mandando soltar alguns empreiteiros! Prendia-se ao sabor do vento. Sem acusações ou provas definidas, baseadas em suposições ou delações de criminosos já sabidos que buscavam se dar bem. Para qualquer juiz tais delações não teriam nenhum valor, mas no sistema inventado eram mais importantes que tudo. Estava instituída a "Teoria do Boato" E caminhava-se para uma crise institucional!

O Objetivo da nova ação midiática seria, ao que tudo indicava, atingir no peito a Petrobrás, acabar com o Conteúdo Nacional, mudar o modelo de partilha para concessão no s contratos do pré-sal. O Conteúdo Nacional foi construído a duras penas pelo governo. E Moro pode trazer as empresas estrangeiras de volta para voltar sugar a empresa, como no passado. Num segundo estágio, seria quebrar as empresas nacionais e ainda procurar indícios que levassem a provar a participação de Dilma nos processos de licitação da empresa, atingindo-a na jugular!

Só que os vazamentos para a imprensa são feitos seletivamente para a imprensa: as pessoas investigadas do PT são mostrados. A imprensa chega a saber antes do Ministro da justiça os fatos arquitetados na tal 'guantânamo'. Denúncias surgiram sobre como os presos eram submetidos a humilhações para favorecer as delações.
Os tucanos permaneciam blindados. Além disso a investigação tinha um período só de investigação: o período em que o PT estava no poder. Os investigados, porém, eram na sua maioria ainda da Era FHC e a corrupção não começou agora, vem do tempo de Cabral. E na Petrobrás, o atual processo investigado havia começado no período dos tucanos. Mas o juiz Moro, ignorou isso também. Delações premiadas começaram a ser incentivadas e viu-se claramente que elas tinham um viés, eram 'mais premiadas', ao que parece, se delatassem membros do governo.
E se por acaso atingissem membros da Oposição, só saia na imprensa os delatados já mortos. Os vivos continuavam blindados.

Um juiz de primeira instância engessava o Direito e criava uma constituição só pra ele!
Até que delataram um vivo: Anastasia, de Minas Gerais. Claro que chegariam em Aécio, o candidato derrotado da oposição. Neste momento o delator que havia sido solto por Moro... desaparece!
Ele retorna e confirma as delações. O tribunal de guantânamo paranaense está agora já desgastado, desmoralizado e não se sabe o que vai acontecer.

A tentativa das ruas, também, ao que parece, não deu certo, está se esvaindo. Os panelaços promovidos pela mídia também estão sendo denunciados.
Ficou a urubologia e o manchetômetro da mídia, insuflando o crescimento da inflação. O que o tempo, por certo, dará jeito! Estamos numa economia de mercado, e o mercado encontra soluções para o mercado.

Chega-se a conclusão que a mídia é o porta-voz da Casa Grande ameaçada.
A mídia protege os tucanos.
A mídia tem grande participação na corrupção, tanto é que escondem dois processos que estão sendo investigados no país, sobre evasão fiscal (Zelotes e Suiçalão) e chegam a dizer que 'sonegação não é corrrupção'. barbaridade!.

A mídia esconde o que acontece nos estados governados pelos tucanos. Como por exemplo as greves e a devassa na corrupção nos estados.

Pois justamente a mídia e a justiça aparelhada é quem está impedindo que sejam feitas as investigações e punições finais. Centenas de anos e nunca ninguém investigou os grandes, 'os proprietários', a CasaGrande. neste país. Aqueles que sonegam, corrompem e levam os recursos para paraísos fiscais. 
Um presidente, Collor, construído pela GLOBO para impedir o acesso de Lula ao poder, encheu-se de brios e ameaçou investir contra os marajás... e caiu!

Lula não entrou daquela vez, mas voltou. E mudou a cara do Brasil!
O Trabalhismo cresceu, o país saiu das garras do FMI e de emergente caminha para 6a. potência mundial! 
A Petrobrás surgiu como a maior empresa de extração de petróleo do mundo. Isso incentivou a ganância das grandes potências, mais precisamente dos EUA e Inglaterra. A Maçonaria tomou partido e desde então a política voltou à cena brasileira. Uma luta de classes escondida veio à tona. E a primeira discussão séria começou a ser feita. Neoliberalismo X Trabalhismo. Discussões, reflexões, denúncias, investigações ... coisas que nunca puderam nem ser cogitadas. Pela primeira vez dá-se para perceber o que é uma DEMOCRACIA, algo que se constrói no dia a dia, com dificuldades e avanços gradativos...

A primeira era LULAeDILMA teve um crescimento nunca visto. Nunca visto mesmo, porque a televisão boicotou os projetos do PAC e os programas sociais do governo. Mesmo assim Dilma ganhou. Apertado, mas ganhou e constitucionalmente, queira ou não, a Oposição vai ter de aguentar o mandato dela, pois alguma coisa mudou e os horizontes clareiam.

A Petrobrás teve seu presidente trocado por Dilma. A mídia chegou a desgastar a imagem de GRAÇA FOSTER e Dilma a manteve no poder o quanto pode, até dar um gol de placa: colocou em seu lugar Aldemir Bendini, que era do Banco do Brasil. A empresa volta a crescer, as empresas auxiliares foram salvas com medidas inteligentes de Dilma com empréstimos socorristas chineses de última hora. 
Resultado, as ações sobem de novo e parece que a tentativa de desvalorizar a Petrobrás, mexer no regime de partilha do pré-sal não deram certo. Tudo voltou ao início. 
Só que será difícil, dolorido, pois o medo da volta de Lula está bem claro e a Oposição tentará impedir que isso aconteça!

Resumo da Ópera:
Neste segundo momento DILMAeLULA só a ação anti-corrupção dará o diferencial para que DILMA consiga fazer seu sucessor. Deixar que as investigações cheguem até o fim e que sejam punidos os corruptos e corruptores, mesmo que tenha que cortar na própria carne.
Quanto ao sucessor natural é bem óbvio: Lula ainda é o cara! - como bem disse Obama...
A mídia, que não permitiu até hoje a regulamentação do setor, nada de braçada! Cria factóides, inventa manchetes e faz a sua agenda golpista em conjunto: jornais, revista e TV!
O que tem feito um contraponto à mídia é a internet, que de certa forma conseguiu na última hora evitar o golpe midiático no momento crucial da eleição de Dilma e tem dado a resposta em tempo real às armações do Congresso e da mídia familiar, tradicional e golpista!
Só que a mídia com a superexposição apodrece rapidamente seus produtos. Também o esxcesso de proteção, blindagem e zelo tem o mesmo efeito. 
Ao tentar demonizar o PT e nada conseguir judicialmente contra o TRABALHISMO, a mídia apenas o fortalece. Hoje, em são juizo, quem indicaria um opositor tucano contra Lula em 2018? Quem está se desfarelando e desaparecendo é justamente o PSDB, um produto já apodrecido da mídia!

A batalha está no campo da Comunicação!
A indignação, a esperança e o tempo vão mostrando, aos poucos, aos brasileiros quem tem razão. Mas é necessário que a SECOM do Governo Dilma tenha um upgrade. Precisamos de um Canal de TV para fazer contraponto à toda poderosa GLOBO e a Mídia, como um todo tenha regras e uma lei a obedecer. 

Todos os setores são regidos por leis!

(imagem do google)

tags:

#Investigações #Mensalão #Petrolão #Zelotes #Suiçalão #panelaço #guantânamo #LeideMídia #Desmoronando #Lula #Dilma #LavaJato

Leia mais:

http://andreluissilvafetal.jusbrasil.com.br/artigos/147254211/operacao-lava-jato-e-o-corporativismo-contra-a-delacao-premiada

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/11/1548049-entenda-a-operacao-lava-jato-da-policia-federal.shtml

http://s.conjur.com.br/dl/sentenca-lava-jato.pdf

http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/justica-abre-primeira-acao-contra-cartel-das-empreiteiras/

http://www.conjur.com.br/2015-mar-08/segunda-leitura-petrolao-importante-criminal-historia-brasil

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/petrolao-as-suspeitas-que-recaem-sobre-os-politicos/


Seja bem-vindo, comente e volte sempre!

Nenhum comentário:

Formulário de Contato - Expresse sua opinião. Retornarei!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja as Postagens Populares do blog

Aguardo você por lá!...

Informação Importante

Este blog - O Blog de Poesias do Profex - anexa ou linka textos da internet preocupando-se em dar o devido crédito a eles e sua origem. As imagens, na sua maioria são do banco de dados do Google, conforme indico junto às postagens. Quem se sentir lesado por uma exibição indevida, por favor entre em contato para que eu possa atribuir os respectivos créditos; ou ainda, se for o caso, retirar das páginas a postagem ou imagem em questão.

Espero portanto que se um leitor tiver a pretensão de usar uma matéria (ou parte dela), um poema (ou um excerto dele), faça da mesma forma, dando o devido crédito junto à elas, sob pena de se fazer valer a Lei de Direitos Autorais.


E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
Some images used on the BLOG DO PROFEX are taken from the web via Google Images, if by chance you find any here who is registered and of his own, let me know that I will be happy to credit! Thank you!

.verificar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...