Poesias, Varginha-Terra do ET, BRICS, Dicas, Frases e Reflexões...

sábado, 1 de setembro de 2012

Esquinas do Universo


Ressoa no caos ambiente  o aviso da trombeta 
-o rugir da bomba,
 a despertar-me deste desconexo sonho.

O sol não faz mais sombra.
Na penumbra do universo
uma serpente alada faz sexo  com um medonho dragão.
Tudo está tão diferente:
um risco no céu, um cometa passa perto, 
fulgurante e infernal.

Anjos do bem e do mal entoam cantos.
 Choro e riso: tômica fusão!
Num instante, confundem-se o tudo e o nada...

O tempo fica paralítico e a meta torna-se um traço reto.
A hora é chegada, o momento é crítico,
 juizo, afinal.

Olho-me no espelho, frente a frente.
Quedo-me de joelhos
e o firmamento se ilumina...

Depois de um longo eclipse  minh'alma se aquieta,
meu corpo está transparente total
e a mente muito mais calma.

Vou até à esquina,
Apocalipse, now !
Autor: Expedito Gonçalves Dias(Profex)
Escrito em Lambari, em 08-03-1996 às 23 h
(Fonte das imagens: Google)

7 comentários:

Elzinha disse...

Acredito que cedo ou tarde tenhamos cada qual um momento deste, não tem como escapar.
Adorei o poema.
Um beijo

Pedrasnuas disse...

O Juízo Final? Cada um com o seu...o confronto com a morte? Boa noite!Obrigada

JUSSARA MARINHO disse...

Um Poema intimista, masculino, pleno em vigor e objetividade. O Paralelo do momento fatal, no Universo, com o homem, frente a si, com todas as suas misérias e glórias.Fim de linha, a exigir mudanças. O inevitável confronto, de todos nós, jogando nossas certezas, convicções, fé, medos...e o se reerguer, sempre acrescido e melhor. Parabéns, Profex.

Expedito Gonçalves Dias disse...

>>> Elzinha, acredito que seja verdade mesmo. Obrigado pela visita tão simpática.

>>> Pedras Nuas: O dia do juizo, afinal, chega para cada um. Abraços!

>>> Jussara: O confronto necessário sempre vem para cada um. Sem ele, não há crescimento...
Obrigado pela visita, amiga...

Clau disse...

Olá Profex :)
Em alguma esquina do Universo,
'anjos do bem e do mal entoam cantos'.
E querendo ou não,vamos nos deparar com o juízo...
O poema é forte e eu gostei!
Abraços!

Expedito Gonçalves Dias disse...

>>> Clau: Seus comentários são um grande incentivo. Quanto ao juízo final... acredito que sim!
Volte sempre!

ZilMar disse...

olá...

fiquei muito impressionada com uma narrativa tão detalhista como essa...eu me transportei pra sua poesia...é viver um verdadeiro Apocalipse, now !

parabéns!!!!

deixo meu abraço e carinho...

Zil

Formulário de Contato - Expresse sua opinião. Retornarei!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja as Postagens Populares do blog

Aguardo você por lá!...

Informação Importante

Este blog - O Blog de Poesias do Profex - anexa ou linka textos da internet preocupando-se em dar o devido crédito a eles e sua origem. As imagens, na sua maioria são do banco de dados do Google, conforme indico junto às postagens. Quem se sentir lesado por uma exibição indevida, por favor entre em contato para que eu possa atribuir os respectivos créditos; ou ainda, se for o caso, retirar das páginas a postagem ou imagem em questão.

Espero portanto que se um leitor tiver a pretensão de usar uma matéria (ou parte dela), um poema (ou um excerto dele), faça da mesma forma, dando o devido crédito junto à elas, sob pena de se fazer valer a Lei de Direitos Autorais.


E-mail: professorexpedito.radialista@hotmail.com
Some images used on the BLOG DO PROFEX are taken from the web via Google Images, if by chance you find any here who is registered and of his own, let me know that I will be happy to credit! Thank you!

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...